terça-feira, 3 de junho de 2014

Salmo 91


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Tudo muda! Menos o amor de Deus por nós!

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,

Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.
Romanos 8:38-39
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,  Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:38-39

terça-feira, 11 de setembro de 2012

A Porta que o armário abriu

"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR.  Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos." - Isaías 55.8-9.

"Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim." -  Isaías 6.8.

No Japão, a maioria dos estrangeiros vem para trabalhar em fábricas. As opções são diversas, mas a maioria das vagas são para componentes eletrônicos, auto-peças ou comida. Desde que cheguei aqui aprendi a trabalhar em linhas de montagens de eletrônicos, comecei montando Playstation 2, passei por câmeras profissionais, celulares, etc. 
A maior parte do tempo de nossas vidas são vividas dentro dessas fábricas. Então para nós, os "crentes", este é o melhor campo missionário. É na indústria que temos as melhores oportunidades de fazermos amizade, de contar sobre a salvação, sobre o sarifício de Jesus.
Gostaria de compartilhar uma dessas oportunidades que tive. Quando estava grávida, fui trabalhar em uma linha de produção de vídeo-câmeras profissionais de uma marca famosa. E ao meu lado havia um jovem de 17 anos. Rapidamente ficamos amigos. Fazíamos todos os intervalos e almoço juntos. Ele gostava de ouvir as minhas experiências com Jesus. Era um jovem que estava buscando sentido para a vida!
Estava disposta a desistir daquela alma. Sabia que quando o bebê nascesse eu não estaria mais ali para evangelizá-lo. Um certo dia o jovem me disse que o seu pai, que trabalhava na mesma fábrica só que no período noturno, estava querendo um armário, para guardar seus pertences no horário de serviço, e os armários só eram concedidos para mulheres. Então mais que prontamente, ofereci o meu, pois eu não usaria ele durante a noite. O pai dele aceitou, e passamos a dividir o armário.
Depois de uns dois meses, perguntei ao jovem se não podíamos visitar a casa dele, a família, para podermos levar a Palavra até eles, a essa altura o jovem já estava congregando conosco. Ele disse que pediria permissão ao pai. A permissão foi concedida e nós fomos até lá, eu, meu marido e o filho mais velho.
Quando encontrei pela primeira vez o pai do jovem, ele falou para mim: "você sabe porque permiti que você viesse até a minha casa? Porque você me emprestou o seu armário, mesmo sem me conhecer, você me ajudou, e eu não esperava esse tipo de atitude nesse mundo de desconfiança e mesquinharia." Depois de três meses de visitas aquela família toda se firmou na igreja, hoje estão no Brasil, onde também congregam.
Muitas vezes pensamos que precisamos ser super entendidos em muitos assuntos, que precisamos ter muitas respostas para evangelizar as pessoas. Mas, na minha opinião, o que precisamos é ter atitude!
Como eu imaginaria que a porta de entrada para uma família inteira era somente a porta de um armário de vestiário? Deus tem muitas formas de trabalhar em mentes e corações, e nós não precisamos saber de tudo, somente precisamos crer que o Senhor pode nos usar como instrumento de benção para os outros, se nós quisermos ser usados!

terça-feira, 31 de julho de 2012

Ressuscita-me


Aline Barros

Mestre eu preciso de um milagre
Transforma minha vida o meu estado
Faz tempo que não vejo a luz do dia
Estão tentando sepultar minha alegria
Tentando ver meus sonhos cancelados
Lázaro ouviu a sua voz, quando aquela pedra removeu
Depois de quatro dias ele reviveu
Mestre não há outro que possa fazer
Aquilo que só o teu nome tem todo poder
Eu preciso tanto de um milagre
Remove minha pedra
Me chama pelo nome
Muda minha história
Ressuscita os meus sonhos
Transforma minha vida
Me faz um milagre
Me toca nessa hora
Me chama para fora
Ressuscita-me
Tu és a própria vida
A força que há em mim
Tu és o filho de Deus
Que me ergues pra vencer
Senhor de tudo em mim
Já ouço a tua voz
Me chamando pra viver
Uma história de poder!

sexta-feira, 27 de julho de 2012

A lição da fábula O Vagalume e a Serpente



Uma serpente começou a perseguir um vaga-lume. Este fugia rápido, com medo da feroz predadora e a serpente nem pensava em desistir. Fugiu um dia, mas a serpente não desistia, dois dias e nada... No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse à cobra:

- Posso lhe fazer três perguntas?

- Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar...

- Pertenço a sua cadeia alimentar?

- Não.

- Eu te fiz algum mal?

- Não. - Então, por que você quer acabar comigo?

- Não suporto ver você brilhar...


 Dizem que a inveja é um certificado de incompetência. Deve ser verdade.
O invejoso cobiça o espaço e a luz alheia, sem reconhecer o valor que possui. Não percebe que é dono de valioso espaço e pode brilhar intensamente com luz própria nele.
Deus deu a cada um de nós espaço e luz. Nosso espaço é essa geração, em que devemos nos esforçar para ser úteis ao próximo. A luz são os talentos natos, únicos, intrínsicos em nossa personalidade, que brilham quando fazemos uso deles propagando a Palavra de Deus.
Não aceite o certificado, caso ele tenha sido posto em suas mãos, rasgue-o e faça bom uso dos talentos que Deus lhe deu.

terça-feira, 24 de julho de 2012

domingo, 22 de julho de 2012

Me derramar

Me derramar

Eis-me aqui, outra vez
Diante de ti abro o meu coração
Meu clamor, tu escutas
E fazes cair as barreiras em mim
És fiel Senhor, e dizes
Palavras de amor e esperanças sem fim
Ao sentir teu toque
Por tua bondade libertas meu ser
No calor deste lugar
Eu venho me derramar
Dizer que te amo
Me derramar
Dizer te preciso,
Me derramar
Dizer que sou grato
Me derramar
Dizer que és formoso...



letra: Vineyard
 Neste dia só quero engradecer e exaltar o nome do meu Senhor! Que é digno de toda honra, toda glória e todo louvor! Aleluia